Eletrosolaris em Ação

Crise Hídrica, Apagão e Inflação subindo

Crise Hídrica, Apagão e Inflação subindo

Crise Hídrica: A Energia Solar pode aliviar escassez no setor elétrico, defendem associados do setor e especialistas do segmento.

 Principais hidroelétricas do país passam por escassez de água, elevando preço da conta de luz tanto para residências como para a indústria e comércio. Esperança é o Projeto de lei aprovado pela Câmara de Deputados, aguarda o Senado e a sanção da presidência, medida que definirá o 'marco legal' para produção alternativa de energia.

Esse projeto estabelece que microgeradores de energia, com potência instalada menor ou igual a 75 kW, e minigeradores, com potência de até 3 mil kW, tenham 50% de redução nas tarifas de uso dos sistemas de transmissão e distribuição e nos encargos.

Os valores, no entanto, só seriam cobrados a partir de 2040. Geradores cadastrados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) até 31 de março de 2020 teriam isenção das taxas até lá.


FALE COM A ELETROSOLARIS E SAIBA COMO PODEMOS AJUDAR
• Tel e Whatsapp  (11) 4246-0130  ou contato@eletrosolaris.com.br



Com a pior situação dos reservatórios de hidrelétricas do Sudoeste e Centro-Oeste dos últimos 91 anos, a produção de energia solar pode ser uma alternativa para reduzir os impactos da crise hídrica. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o uso das fontes renováveis é eficaz e ainda gera economia para consumidores.

 Reservatórios de hidrelétricas devem atingir em novembro menor nível em 20 anos, diz ONS.

 Desde o início de junho, a conta de energia ficou mais cara no Brasil. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) passou a cobrar bandeira vermelha patamar 2: valor extra de R$ 6,24 para cada 100 kWh de energia consumidos. Um novo reajuste, de até 20%, não está descartado.

O problema está ligado diretamente à situação das hidroelétricas, que passam por desabastecimento de água. No dia 20 de agosto deste ano, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) divulgou que os reservatórios Sudeste e Centro-Oeste-, que respondem por 70% da energia produzida no país, atingiram o menor nível dos últimos 20 anos.

 

Fonte: g1.globo.com


Comentário(s) (0)


Deixe seu comentário